Welcome to my website

Este espaço é dedicado á divulgação de notícias, artigos e informação relacionada com o fenómeno OVNI. Desde Portugal para o resto do mundo.

sábado, 7 de setembro de 2013

SUBMARINOS ROBÔS PARA BUSCA DE VIDA EXTRATERRESTRE


. Para sustentar a vida em qualquer lugar do universo, os cientistas concordam que uma das moléculas essenciais seja H20. Sem essa molécula simples toda a evolução no nosso planeta nunca teria acontecido.
É lógico pensar, se estamos á procura de vida em outros planetas, devemos procurar em lugares com abundância de água. O problema é que a maioria dos planetas e luas do nosso sistema solar estão completamente secos. No entanto, existem alguns candidatos que poderão ter água líquida. O mais destacado entre eles é a Lua gelada de Júpiter, Europa. Quilómetros abaixo da superfície e da grossa crosta de gelo, existem um vasto oceano de água líquida. A Agência Espacial Europeia (ESA) prevê que por volta do ano 2030, o envio de missões a Júpiter levarão submarinos robôs capazes de explorar as profundezas geladas em busca de vida alienígena. Ainda que nenhum detalhe das missões tenha sido divulgado, isso não impediu a Jonas Jonsson, investigador do Centro de Tecnologia Espacial Angström na Universidade de Uppsala, na Suécia, de desenhar e criar um protótipo que poderia um dia encontrar-se submerso num mar extraterrestre.

 

. Denominado de Deeper Acess, Deeper Understanding ou DADU para abreviar, o submergível sueco é apenas um pouco maior do que duas latas de refrigerante empilhadas. Para manobrar e impulsionar o submarino, oito pequenas hélices estão fixadas na parte traseira do aparelho. Também está equipado com um sonar, laser e sensores de temperatura que o ajudarão na recolha de informações sobre os mares de Europa. Além disso, está provido de uma câmara de vídeo de alta resolução que permitirá que se veja o fundo do oceano escuro da lua, e um dispositivo para a recolha de amostras, filtração e estudo de organismos vivos que possam ser encontrados. Para comunicar toda esta informação aos cientistas, o submarino estará ligado á superfície através de um cabo de fibra óptica.
Até ao ano 2030, os desenhadores do DADU têm em mente testar este projeto no mundo real, que pode ajudar a melhorar o seu sistema de navegação. " Uma missão para explorar no Lago Vostok, na Antártida...É claro que a missão seria como o Santo Graal, e um verdadeiro teste de conceito para uma futura missão nos mares de Europa", disse Jonsson.

. Assista ao vídeo sobre esta futura missão:


video





Sem comentários:

Enviar um comentário