Welcome to my website

Este espaço é dedicado á divulgação de notícias, artigos e informação relacionada com o fenómeno OVNI. Desde Portugal para o resto do mundo.

sábado, 22 de outubro de 2011

A NOITE OFICIAL DOS OVNIS NO BRASIL


. Este caso é um dos mais importantes no que diz respeito á ufologia brasileira e que passo a citar. Tudo ocorreu na noite de 19 de Maio de 1986, quando cerca de vinte e um objectos voadores não identificados invadiram o espaço aéreo brasileiro, e foram detectados pelos radares do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I), com sede em Brasília. Esta espantosa aparição durou cerca de três horas, e foi observada nos estados de Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro e Pará. A situação chegou a tal ponto que o Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (CONDABRA), considerou que a segurança do espaço aéreo poderia estar ameaçada, principalmente em São Paulo, onde se concentra o maior número de rotas aéreas do país e onde os ovnis estavam mais activos. Isto levou o Alto Comando da Força Aérea Brasileira a efectuar duas operações de interceptação e perseguição dos ovnis por caças F-5 e Mirage, um partindo da Base Aérea de Santa Cruz (RJ) e outro de Anápolis (GO).




.
No dia seguinte, o então Ministério da Aeronáutica, o Tenente - Brigadeiro do ar Octávio Júlio Moreira Lima, deu uma entrevista colectiva á imprensa, juntamente com os pilotos dos caças, confirmando todos os acontecimentos.
Também não devemos esquecer que os pilotos de Mirage e F-5 são considerados os melhores do Brasil, pois fazem inúmeros cursos de especialização e nunca iriam confundir meteoritos com ovnis. Lendo os currículos dos pilotos que levantaram voo naquela noite, tem-se uma boa ideia da sua experiência; 900 missões, 2000 horas de voo, e assim por diante.
Mais tarde foi divulgado o relatório oficial da Força Aérea Brasileira sobre o caso que diz : " como conclusão dos factos observados, é de parecer que os fenómenos são sólidos e reflectem de certa forma inteligência, pela capacidade de acompanhar e manter a distância dos observadores, como também voar em formação, não sendo forçosamente tripulados ".

. Assista ao vídeo abaixo sobre este impressionante caso:


video



Sem comentários:

Enviar um comentário