Welcome to my website

Este espaço é dedicado á divulgação de notícias, artigos e informação relacionada com o fenómeno OVNI. Desde Portugal para o resto do mundo.

sábado, 28 de novembro de 2015

DOIS OVNIS FILMADOS COM CÂMARA DE INFRAVERMELHO DURANTE BOMBARDEAMENTO NA SÍRIA


. A estação de notícias russa Rússia Today (RT), divulgou recentemente imagens impressionantes de um bombardeamento na Síria, por parte de um avião (Drone) de combate da federação russa, equipado com câmara de infravermelho, onde é possível observar misteriosas bolas de luz em vôo, precisamente sobre o epicentro dos ataques dos mísseis. Também o programa paranormal da TV mexicana "Tercer Milenio" divulgou as imagens apresentadas pelo jornalista Jaime MaussanNas imagens é possível observar com clareza duas esferas a sobrevoar o local de uma explosão em sentido oposto da aeronave que gravou as imagens. No vídeo também são mostrados outros casos semelhantes gravados noutros pontos do mundo, que não eram visíveis a olho nu, mas que as câmaras de infravermelhos captaram.


video

. O interesse por parte destas inteligências desconhecidas em relação ás nossas guerras e armamento militar, já não é novidade, há registos desse acompanhamento ao longo da nossa história como mostra esta imagem da Segunda-Guerra Mundial.







sábado, 21 de novembro de 2015

VAI REALIZAR-SE O VII FÓRUM MUNDIAL DE UFOLOGIA (IV UFOZ 2015)



. Entre os dias 3 e 6 de Dezembro 2015, irá se realizar o VII Fórum Mundial de Ufologia (IV UFOZ 2015). Eleito na edição 2014 o melhor evento de Ufologia do Brasil, nele participarão 28 conferencistas, vindos do Brasil e de 10 outros países. O evento irá ocorrer nas modernas instalações do Hotel Golden Tulip International, em Foz de Iguaçu.



. Vista panorâmica do Hotel Golden Tulip.


. Os objectivos do Fórum Mundial de Ufologia:

. O Fórum Mundial de Ufologia tem entre as suas finalidades aprofundar o debate sobre a presença de vida inteligente extraterrestre na Terra, integrando pesquisadores e estudiosos do fenómeno Ovni dos mais variados países, como ufólogos, cientistas, militares, autoridades e personalidades que possam contribuir para alcançar uma compreensão mais profunda e completa da questão. Em todas as edições do evento, os conferencistas convidados apresentam á plateia as bases mais sólidas e actuais para responder á pergunta:
" Que implicações o fenómeno OVNI tem para o futuro da humanidade?"
Em outras edições o evento também tem apresentado testemunhos e provas da presença alienígena na Terra, como também as chamadas "Cartas de Foz do Iguaçu". Documentos assinados por todos os presentes com requerimentos a órgãos específicos para que se proceda ao avanço da questão ufológica no país.
Em 2012, a carta pediu ao Ministério da Defesa a abertura total e irrestrita de toda a documentação ufológica secreta em posse das Forças Armadas. Em 2013 a carta solicitou ao Ministério de Relações Exteriores que leve á presidente da República o requerimento dos ufólogos brasileiros para que o país seja a nação a reabrir o debate sobre os Ovnis na Organização das Nações Unidas (ONU). Em 2014, o pedido foi para o Congresso Nacional, ou seja, a Câmara dos Deputados e o Senado Federal, para que acolha a discussão sobre o fenómeno Ovni.



. O Fórum terá ainda uma série de actividades paralelas, como o tradicional jantar de confraternização no restaurante do Hotel Golden Tulip, a Vigília Ufoastronómica no Polo Astronómico Casimíro Montenegro de Medeiros e Margarete Áquila, sob o título "A Real Possibilidade do Contacto com Seres Extraterrestres".
As inscrições são feitas exclusivamente no site oficial. Aí também podem ser encontradas todas as informações sobre o evento, além de todas as informações sobre hospedagens, programação e actividades paralelas.
Assista ao trailer do evento no vídeo abaixo:


video

. Site oficial do Fórum: http://www.ufoz.com.br/site.php





sábado, 14 de novembro de 2015

NASA VAI ENVIAR MENSAGEM DA TERRA AOS EXTRATERRESTRES


. No ano passado, quando a sonda espacial Voyager I deixou o nosso sistema solar e avançou rumo ao espaço interestelar, ela levava consigo uma mensagem da Terra na esperança que alguma forma de vida inteligente a encontra-se: um disco em ouro contendo várias informações acerca da vida na Terra. Mas esta sonda saiu da Terra há quase 40 anos, por isso, está na altura de actualizar os dados, e a NASA está a tratar do assunto.
Em 2006, a NASA lançou uma sonda espacial chamada New Horizons, para estudar o planeta Plutão e as suas luas. Agora, ela está a uns 500 milhões de km da Terra, mas graças a uma ideia de Jon Lomberg, que estava envolvido no disco de ouro original de Carl Sagan, esta pequena sonda irá realizar uma nova missão. Lomberg percebeu que, quando a New Horizons terminar de enviar todas as informações sobre Plutão para a Terra, o seu sistema solar vai ficar com bastante espaço de memória livre. E sabendo que conseguimos comunicar com ela, porque não preenchê-la com novos dados? Sabendo que a sonda está a distanciar-se cada vez mais da Terra, para fora do nosso sistema solar, Lomberg sugere que façamos algo de útil com ela.


No ano passado, Lomberg lançou uma petição para a NASA considerar o seu plano, e começou a Iniciativa de Mensagem na New Horizons, projecto independente a fim de financiar e coletar mensagens para a sonda levar para além do sistema solar. O projecto vingou, com o acordo da NASA. Assim como o disco de ouro de Sagan que Lomberg chama de "um retrato da Terra em 1977", esta nova mensagem será um retrato da Terra em 2014.
A NASA está a solicitar para que pessoas do mundo inteiro apresentem as suas mensagens por escrito, áudio, ou fotos. Para isso, foi criada uma página no Facebook para apresentarem as suas ideias, onde será feita uma selecção com a decisão final da NASA.
Esta será uma oportunidade de enviar uma mensagem para o espaço, no âmbito de ser ouvida ou lida por outra civilização no cosmos, em como nós mudamos como sociedade nas últimas 4 décadas, e quais as nossas esperanças para o futuro.

Para enviar a sua mensagem o link é este:
https://apps.facebook.com/voyagersfinalmessage/






sábado, 7 de novembro de 2015

GRUPO DE PESQUISADORES IRÁ CONSTRUIR ESTAÇÕES DE PESQUISA DE OVNIS


. Uma nova iniciativa para um estudo científico do fenómeno Ovni está em andamento, e chama-se UFODATA.
Organizada por um grupo de pessoas entre os quais, cientistas, engenheiros, astrónomos, professores e um jornalista, de vários países como os E.U.A, Itália, Holanda, Grã-Bretanha e Chile, o projeto irá utilizar métodos científicos a fim de recolher dados e informações em locais de alta incidência de aparições de Ovnis.
O grupo pretende instalar várias estações de vigilância automáticas, idênticas á que existe há anos em Hessdalen, na Noruega. Para isso, serão utilizados vários aparelhos entre os quais, câmaras equipadas com sensores espectográficos, que serão colocadas em locais onde esses misteriosos objetos aparecem com maior frequência, como é o caso do Oeste dos E.U.A e em Hessdalen, na Noruega.
Essas câmaras irão tirar fotografias de alta resolução e realizar análises espectográficas, na tentativa de perceber que tipo de objetos foram captados. Serão capazes por meio da análise da luz emitida pelos objetos, obter informações capazes de indicar qual o tipo de energia estes utilizam.
Mark Rodeghier, diretor científico e presidente do Centro de Estudos de Ovnis J. Allen Hynek, em Chicago, explica: 
"Nesta área da ciência, seja física, astronomia ou outra, a melhor maneira de aprender a respeito de alguma coisa é por meio do seu espectro".
Ele dá o exemplo de um arco-íris, que é a luz solar decomposta, e por meio do podemos ver os elementos dos quais o Sol é feito, assim como a sua temperatura e pressão. É o mesmo processo que nos permite saber a composição de estrelas e planetas distantes, por meio da luz que emitem ou refletem.
O vídeo abaixo mostra como este tipo de análise de espectroscopia é utilizado.



. Uma das imagens captadas pelo Projeto Hessdalen.

video


. Esforço científico sem precedentes.

. O custo de uma estação está estimado entre os 10.000 e os 20.000 dólares. O grupo UFODATA pretende recorrer a financiamento coletivo e outros mecanismos, tentando ganhar a simpatia e o apoio da comunidade ufológica e de entusiastas. Leslie Kean, uma dos membros da equipa disse:
"O UFODADTA irá permitir que milhões de pessoas que levam o assunto a sério se envolvam nesse esforço, independentemente da sua formação científica.."
Rodeghier também comentou que a disponibilidade de informação científica e confiável irá fazer avançar o entendimento sobre os Ovnis e mostrar ao público em geral o mérito que há no seu estudo. Além disso, servirá para mostrar a parte da comunidade científica e especialmente aos políticos, que este é um problema sério como qualquer outra questão científica.
Para saber mais acerca deste projeto poderá visitar a página oficial do grupo em: http://www.ufodata.net