Welcome to my website

Este espaço é dedicado á divulgação de notícias, artigos e informação relacionada com o fenómeno OVNI. Desde Portugal para o resto do mundo.

sábado, 28 de setembro de 2013

OVNI ASSUSTA JOVENS EM FORQUILHA, NO CEARÁ, BRASIL


. No passado dia 31 de Agosto de 2013, um fato insólito aconteceu na localidade de Tamanduá, em Forquilha, no Ceará. Eram por volta das 21:00h quando os jovens Francisco, Lucas, Renato, Rodrigo e Emanuel conduziam duas motos em direção ao distrito de Tamanduá , no município de Forquilha. Ao chegarem próximo a uma curva da estrada, num local onde se situa a rede de alta tenção, depararam-se com uma luz verde, maior do que qualquer  estrela existente no céu, e que pairava á sua frente. Os jovens ficaram surpreendidos e com receio. Francisco que conduzia uma das motos, desligou o farol para não chamar atenção da luz, até mesmo porque eles já tinham conhecimento de relatos de pessoas daquela região, que dizem já terem sido perseguidas por estranhas luzes. Ao desligar o farol da moto o mesmo não reparou que estava a sair da estrada e ir de encontro a uma cerca de arame farpado. O choque dos jovens com a cerca resultou em ferimentos no Francisco de Assis e no Jorge Lucas. Mesmo ferido, Francisco conseguiu pôr a moto a funcionar e dirigir, porém caiu outra vez. Na queda, houve um vazamento de gasolina em cima do cano de escape aquecido, que começou a pegar fogo. Entretanto o pequeno acidente deve ter chamado a atenção do objeto luminoso, pois em um instante, já estava sobre eles. Foi nesse momento que eles viram que se tratava de uma nave de forma discoide com várias luzes e de várias cores. Duas luzes destacavam-se pela sua intensidade que iluminava o local onde se encontravam, a ponto de dar para ver qualquer coisa no chão.
Outro fato interessante relatado pelos jovens foi de que, o objeto era de grande dimensão, maior que um automóvel, e pelo fato de estarem por baixo da rede de alta tensão, a aproximação da aeronave poderia ter sido ainda maior.

 
 . Foto do local do suposto encontro com o ovni.


. Local exato onde os jovens teriam caído, onde se observam as sandálias deixadas pelos mesmos.


. Jorge Lucas, uma das testemunhas faz o esboço do objeto que observou com os amigos.


. Rodrigo de Sousa Araújo de 17 anos, que não sofreu ferimentos, informou que ouviu um barulho parecido com um motor de uma moto em marcha lenta e que não soube explicar de onde vinha. Também informou que parte da nave iluminada pelas luzes era de cor cinza metálico.
Jorge Lucas Araújo Prado, 18 anos, disse que havia uma luz azul muito forte que encandeava e que deixava tudo muito claro. Disse também que havia uma faixa de luzes de cor vermelha, verde e azuis na parte inferior da nave. Curiosamente Lucas informou que se tivesse outra oportunidade de se encontrar novamente com uma dessas aeronaves, não se afastaria, e iria ver de perto.
O jovem Francisco de Assis, por outro lado não ouviu qualquer som proveniente da aeronave. Disse ainda que o aparelho após sobrevoar o local, deslocou-se a grande velocidade em direção a Sobral, ou seja, em direção a Norte.
O caso está a ser investigado pela equipa do CSPU - (Centro Sobralense de Pesquisa Ufológica), que estiveram no local a entrevistar as testemunhas.




sábado, 21 de setembro de 2013

NASA FINANCIA PROGRAMA QUE AJUDARÁ ASTRÓNOMOS A DESCUBRIR MUNDOS EXTRATERRESTRES


. A NASA anunciou recentemente que vai financiar um novo programa que ajudará os astrónomos amadores a detetarem exoplanetas fora do nosso sistema solar.
O programa chamado OSCAAR ou (Open Source Differential Photometry Code for Amateur Astronomy Research), permitirá aos astrónomos descobrir planetas alienígenas mediante a observação de estrelas brilhantes e o registo do seu brilho causado pelos planetas que orbitam ao seu redor.
Brett Morris, investigador associado no Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt, Mariland, diz que a partir da missão Kepler da NASA, sabe-se que há milhares de exoplanetas. Estes planetas candidatos foram descobertos ao observar o brilho de milhares de estrelas no tempo. Segundo Morris, que também é o principal desenvolvedor do programa OSCAAR, certos planetas alienígenas estão alinhados de tal maneira que quando passam pela frente de uma estrela, bloqueiam só uma pequena quantidade de luz dessa estrela. Se medirmos o brilho da estrela com o tempo, irá mudar entre um, dois ou três por cento, e pode ser medido pelos detetores que muitos astrónomos amadores e pequenos observatórios nas instituições académicas já têm.

 

. Brett Morris utilizando OSCAAR no Observatório da Universidade de Mariland.

. Segundo a NASA, os astrónomos amadores que queiram fazer parte do programa precisam ter um telescópio equipado com um detetor de luz eletrónica chamada de dispositivo de carga acoplada ou CCD, e um software capaz de ler a saída do CCD com um oredenador que execute os sistemas operativos como o Windows7 ou superior, Mac OS X 10.6 ou superior, Ubuntu 12 ou superior e Linux.
OSCAAR ajudará as pessoas a detetar principalmente exoplanetas do tipo Júpiter, pois como são planetas grandes o seu movimento rápido ao redor das suas estrelas é suficiente para ser detetável. Não quer isto dizer que o programa traga resultados inovadores, no entanto as observações podem ser satisfatórias sabendo que se podem descobrir e observar novos planetas, para isso basta gostar de fotometria.




sábado, 14 de setembro de 2013

OBJETO METÁLICO NÃO IDENTIFICADO FOTOGRAFADO NAS FILIPINAS


. Esta fotografia foi tirada no passado dia 3 de Agosto de 2013, na região de Legaspi, nas Filipinas, por uma testemunha de nome Abraão. Segundo a testemunha, a foto foi tirada na companhia de um amigo, quando passavam por um campo de arroz perto de um vulcão, não muito longe de casa. Mais tarde e quando revia as fotos que tinha tirado nas férias com o seu iPhone 4s, reparou que nessa fotografia aparecia este estranho objeto metálico no céu.

 

. No detalhe da imagem vê-se claramente a forma de disco do objeto, excluindo assim a hipótese de se tratar de um avião, helicóptero, balão, ave ou inseto.




sábado, 7 de setembro de 2013

SUBMARINOS ROBÔS PARA BUSCA DE VIDA EXTRATERRESTRE


. Para sustentar a vida em qualquer lugar do universo, os cientistas concordam que uma das moléculas essenciais seja H20. Sem essa molécula simples toda a evolução no nosso planeta nunca teria acontecido.
É lógico pensar, se estamos á procura de vida em outros planetas, devemos procurar em lugares com abundância de água. O problema é que a maioria dos planetas e luas do nosso sistema solar estão completamente secos. No entanto, existem alguns candidatos que poderão ter água líquida. O mais destacado entre eles é a Lua gelada de Júpiter, Europa. Quilómetros abaixo da superfície e da grossa crosta de gelo, existem um vasto oceano de água líquida. A Agência Espacial Europeia (ESA) prevê que por volta do ano 2030, o envio de missões a Júpiter levarão submarinos robôs capazes de explorar as profundezas geladas em busca de vida alienígena. Ainda que nenhum detalhe das missões tenha sido divulgado, isso não impediu a Jonas Jonsson, investigador do Centro de Tecnologia Espacial Angström na Universidade de Uppsala, na Suécia, de desenhar e criar um protótipo que poderia um dia encontrar-se submerso num mar extraterrestre.

 

. Denominado de Deeper Acess, Deeper Understanding ou DADU para abreviar, o submergível sueco é apenas um pouco maior do que duas latas de refrigerante empilhadas. Para manobrar e impulsionar o submarino, oito pequenas hélices estão fixadas na parte traseira do aparelho. Também está equipado com um sonar, laser e sensores de temperatura que o ajudarão na recolha de informações sobre os mares de Europa. Além disso, está provido de uma câmara de vídeo de alta resolução que permitirá que se veja o fundo do oceano escuro da lua, e um dispositivo para a recolha de amostras, filtração e estudo de organismos vivos que possam ser encontrados. Para comunicar toda esta informação aos cientistas, o submarino estará ligado á superfície através de um cabo de fibra óptica.
Até ao ano 2030, os desenhadores do DADU têm em mente testar este projeto no mundo real, que pode ajudar a melhorar o seu sistema de navegação. " Uma missão para explorar no Lago Vostok, na Antártida...É claro que a missão seria como o Santo Graal, e um verdadeiro teste de conceito para uma futura missão nos mares de Europa", disse Jonsson.

. Assista ao vídeo sobre esta futura missão:


video