Welcome to my website

Este espaço é dedicado á divulgação de notícias, artigos e informação relacionada com o fenómeno OVNI. Desde Portugal para o resto do mundo.

sábado, 26 de janeiro de 2013

DARK SKIES - ESTREIA BREVEMENTE NOS CINEMAS


. Está quase a chegar ás salas de cinema a estreia do filme "Dark Skies". Um filme que aborda o tema da abdução alienígena, e que é uma mistura de ficção científica com terror. Dirigido por Scott Charles Stewart, traz no elenco Keri Russel de (Missão Impossível 3), Josh Hamilton (J. Edgar) e Dakota Goyo de (Gigantes de Aço). O filme retrata o quotidiano de uma família no seu lar seguro e pacífico, quando Daniel e Lacey Barret começam a ser vítimas de uma série de acontecimentos perturbadores que irão envolver a sua família. Seres desconhecidos estão a vigiá los e eles terão que enfrentá-los e resolver o mistério...
A sua estreia está prevista para o dia 22 de Fevereiro de 2013 nos E.U.A.
Um filme a não perder! Assista ao trailer!


video





OBJECTO NÃO IDENTIFICADO FOTOGRAFADO EM CAYOLARGO DEL SUR, CUBA


. Esta fotografia foi tirada por Helmuts Ancans, no dia 7 de Janeiro de 2013, ás 18:27 hora local, na Ilha de Cayolargo del Sur. é uma pequena estância no Mar do Caribe, não mais do que 25 km (16 milhas) de comprimento e 3 km (1,9 milhas) de largura, sendo a segunda maior ilha no arquipélago de Cuba Canarreos.
Segundo a testemunha, tinha tirado uma sequência de várias fotos naquele local e no momento não percebeu nada de anormal nos céus. O tempo estava calmo com algumas nuvens e estava a começar anoitecer. O seu objectivo era experimentar vários aplicativos diferentes de câmara. Só mais tarde quando examinou as fotos é que percebeu que numa delas aparecia este objecto em forma de disco, com uma cúpula de aparência transparente, e na parte inferior emitia um brilho de tom alaranjado, talvez devido ao reflexo do pôr do Sol.
No entanto a imagem merece ser devidamente analisada para despistar qualquer tipo de engano, montagem ou manipulação.

 
 





sábado, 19 de janeiro de 2013

OVNI FILMADO EM MIDLAND, NO TEXAS, CAUSA POLÉMICA


. Recentemente um vídeo colocado no YouTube sobre a aparição de um Objecto Voador Não Identificado tem causado polémica e gerado opiniões diversas quanto á sua origem.
O vídeo terá sido feito no início deste mês de Janeiro (2013), onde se observa um grande objecto de forma triangular a pairar sobre uma habitação a baixa altitude. A estranha aeronave apresentava ainda duas luzes vermelhas nas pontas e uma outra rotativa no centro de cor branca tipo holofote, que girava constantemente como que procura-se alguma coisa.
Foi descartada a hipótese de se tratar de uma torre de tráfico aéreo ou um helicóptero. A baixa altitude e a forma como se apresenta, não passaria despercebido, o que torna o vídeo um pouco suspeito. Até ao momento ainda não foi encontrada uma explicação para o referido objecto, ficando muitas dúvidas quanto á sua autenticidade.

video





ESTRANHO OBJECTO CAPTADO A SOBREVOAR AS ENCOSTAS DE EL BOLSÓN, RIO NEGRO, ARGENTINA


. Estas imagens chegam-nos da Argentina e foram captadas no dia 13 de Janeiro (2013), por Mário Alonso na região de El Bolsón, em Rio Negro, Patagónia Argentina.
A testemunha captou com a sua câmara este estranho objecto que se deslocava por entre as encostas da região, em direcção Norte-Sul, a várias centenas de metros de altitude. De salientar que as montanhas circundantes têm em alguns casos alturas superiores a 2000 metros de altitude, o que torna pouco provável tratar-se de um avião, como se pode apreciar no detalhe das imagens em baixo.





. Como se pode verificar no detalhe desta imagem o objecto apresenta um formato oblongo ou cilíndrico, que pouco ou nada tem a ver com as aeronaves convencionais.





sábado, 12 de janeiro de 2013

SKA - O MAIOR RADIOTELESCÓPIO DO MUNDO


. O Square Kilometre Array (SKA) será o maior telescópio do mundo, capaz de captar com maior sensibilidade ondas de rádio e que deverá ficar pronto em 2017.
O projecto começou a ser concebido em 1991 e tem como membros a África do Sul, Austrália, Canadá, China, Holanda, Itália, Nova Zelândia, Reino Unido e Suécia. Em Maio do ano passado, foi finalmente decidido onde será instalado o grande radiotelescópio, depois de um atraso de três anos. A África do Sul e a Austrália foram os dois países escolhidos para a sua instalação, onde irá ficar a grande maioria dos instrumentos. A ideia é instalar milhares de antenas e discos compostos de milhares de receptores, que irão captar ondas de rádio numa vasta gama de frequências, e que irá cobrir uma área equivalente a 4.921 km quadrados da superfície da Terra. Com isso, espera-se mapear mil milhões de galáxias para tentar saber mais, como por exemplo, a matéria escura que estará a acelerar cada vez mais a expansão do Universo, ou procurar vestígios de moléculas orgânicas, que poderão indiciar vida extraterrestre noutros planetas.
Para a localização da infra-estrutura tinha-se de escolher uma região remota, para que a captação de ondas de rádio vindas do espaço tivesse o mínimo de interferências. Mas isso exigirá um esforço brutal. Não só para construir estradas e transportar materiais, mas também para providenciar energia eléctrica e Internet a milhões de pessoas. Em África, as estruturas do projecto vão estender-se até países como Moçambique, Quénia ou o Gana.
O consórcio internacional responsável por este projecto prevê que se gaste na construção 1500 milhões de euros até 2024.


. O ex-funcionário do Ministério da Defesa do Reino Unido, Nike Pope está muito optimista com este projecto e comentou:
" Eu vou ser controverso e dar um ano exacto de quando eu acho que ocorra a primeira confirmação de contacto entre a humanidade e vida extraterrestre, que será em 2024. Ano em que tudo se correr conforme o planeado o Square Kilometre Array estará totalmente operacional. Se houver uma civilização a 100 anos-luz deste telescópio ele poderá encontrar essa civilização", declarou Nick Pope.


video


. Estamos agora a começar a ter a tecnologia de ponta como o SKA, e mesmo outros telescópios que estão a ser desenvolvidos, que poderão encontrar a tão fatídica resposta que procuramos durante anos.
A grande questão será...
Não terá já esse contacto ocorrido?
Se registamos OVNIS no planeta Terra, será que são os radiotelescópios que irão ajudar a realizar esse contacto! Ou serão esses seres a seleccionar as pessoas que pretendem contactar!
O fenómeno da Abdução será uma forma de contacto entre humanos e espécies alienígenas ou ficará catalogado como alucinação de quem viveu ou vive essa experiência!
Certamente muitas dúvidas e questões ficarão por responder e só o futuro o dirá!






terça-feira, 8 de janeiro de 2013

TERRA - PLANETA ABENÇOADO


. O planeta Terra é provavelmente, um dos mais belos locais de todo o Universo, não obstante ser, na escala Universal, infinitamente inferior a um grão de areia; para além de catástrofes epidémicas e ecológicas, através dos tempos, a sua exposição a forças e perigos vindos do exterior, transforma este belo habitat, em perigosidade extrema. A sua formação teve eventualmente lugar a uns 1000 milhões de anos depois do aparecimento do Sol, que aconteceu há 4000 milhões de anos; é conhecida a mínima idade do Universo, como 13.7 milhões de anos, mas existe uma forte probabilidade, de inexplicavelmente ter havido uma concentração na expansão galáctica, o que elevaria a idade para 47.000 milhões de anos; o Hommo Sapiens, numa incrível aceleração do tempo, terá iniciado a sua vertiginosa caminhada, junto ás cavernas, no vale do rio tanganica, há 1.5 milhões de anos; o que equivale na escala Universal a 750 milésimos de segundo; e toda a história da Cristandade; 2012 anos, terá menos de 1 milésimo de segundo, para ser contada. A Terra representa um zero quase absoluto, no contexto galáctico e cosmológico; no entanto, a regularidade do Sol, ao longo de 5000 milhões de anos da sua existência, tem-nos dado todos os condicionalismos, para a eclosão da vida, até ao escalão máximo desta, a inteligência, que é representada, por um dos animais que sobressaiu na escalada evolutiva, o Hommo Sapiens, e que a "ciência" auto intitulou de homem.
O processo sofreu ao longo dos tempos, várias interrupções; numa selecção com vários acidentes de percurso, uns conhecidos da ciência, outros que nunca virão ao conhecimento desta. Dos maiores perigos a que a Terra está sujeita, e que aqui é representada, pelo vértice da inteligência animal, que é o Hommo Sapiens que chegou, ao momento crucial da sua existência; foi ele que nos últimos 300 anos, desde a primeira revolução industrial, que agrediu com gravidade o seu Habitat, levando á extinção de milhares de outras espécies que connosco partilharam, desde o processo evolutivo, o planeta Terra; com a agravante de que quase todos eles, entraram na escalada evolutiva, dezenas de milhões de anos antes de nós; alguns destes nossos companheiros de viagem, poderiam ter evoluído daqui a vários milhões de anos; quem sabe a um nível superior ao Hommo Sapiens; ele é também o único ocupante do planeta que vive em estado contínuo, de beligerância com os outros animais, e também com os da sua espécie; para além de muito pouco ter feito, para inverter os danos que tem causado, muniu-se de capacidade para o destruir, várias centenas de vezes.
O perigo de colisão com meteoritos ou cometas, que frequentemente nos visitam, alguns deles como o que provocou a cratera do Arizona há 120.000 anos, ou mais recentemente, um cometa que devastou uma área "felizmente deserta" com milhares de km quadrados, em Tunguska na Sibéria, no dia 30 de Junho de 1908, este acontecimento não passou de uma picada de mosquito num elefante, comparado com o de 65 milhões de anos atrás, na província de Yucatán no México, onde o impacto de um enorme meteorito extinguiu quase de imediato, toda a vida animal e vegetal que, consequentemente levou a centenas de milhões de aos, para reiniciar o processo. Ninguém sabe as forças envolvidas, na selecção que levou á extinção da vida que já existia, há mais de mil milhões de anos; não vou entrar em campo especulativo, quanto a possíveis forças que se "desconhecem", intervenientes no processo; mas o Homem tem que ter a humildade de admitir, ter havido paragens e arranques, como que de uma correcção a ter que ser feita; uma coisa é certa, se não fosse aquele terrível acontecimento, este comentário nunca teria lugar; a Terra que sofreu uma destruição total, inicialmente com o fogo, com a queda do meteorito que provocou o que hoje é conhecido como o Golfo do México; veio posteriormente a sofrer uma era glaciar; toda a vida animal que hoje conhecemos, é proveniente da sobrevivência subaquática desta colisão; num futuro longínquo, o homem terá capacidade para detectar e anular estes perigos, mas por enquanto, estamos vulneráveis e sujeitos a catástrofes eminentes, vindos do exterior. Toda a vida que existia há mais de 200 milhões de anos terminou abruptamente nesse dia; o processo evolutivo que levou ao homem de hoje, também começou nesse dia. O propósito, objectivo ou desígnio subjacente a este acontecimento, dificilmente o homem virá a ter conhecimento.
Como é que este planeta na escala Universal e cosmológica, constitui um zero quase absoluto, foi presenteado com uma multipluralidade de vida, animal e vegetal, e sobretudo inteligência, para dar ao homem o privilégio de entender todo este mistério que foi a transformação da matéria cósmica, no complexo e misterioso aparecimento da vida. Em suma; se nos mantivermos com o ritmo de desenvolvimento desde a primeira revolução industrial que teve início há 300 anos, o homem ainda precisará de pelo menos 3000 anos de evolução tecnológica para seguirmos no caminho das estrelas; o planeta Terra será então, a nossa rampa de lançamento; não estou a pensar em viagens que para além da ida á Lua em 1969, e sondas que já saíram para lá dos confins do nosso sistema Solar; mas sim para as estrelas mais próximas, entre as quais se encontram por exemplo, a Alfa de Centauro, 4.3 anos luz, ou a estrela Banard, a 5.98 anos luz.
A luz viaja a 300.000 km por segundo, uma ida e volta á Lua não chega a 3 segundos e quando olhamos para a luz do Sol, esta já partiu de lá há 8 minutos e 23 segundos. Algumas destas estrelas terão nas suas órbitas planetas que nos servirão de bases de apoio para o Hommo Sapiens iniciar o povoamento da Galáxia. Nós estamos localizados numa espiral a 30.000 anos luz do centro; haver vida inteligente nas primeiras estrelas, seria o mesmo que encontrar uma agulha em 100 milhões de palheiros. Ao longo do processo evolutivo, o Hommo Sapiens transmitiu para o Homem moderno o instinto das cavernas de que nunca se conseguiu livrar; herdámos todavia alguns sentimentos, que ainda nos dão um frágil direito á nossa existência, que é o amor e a solidariedade, o primeiro na maioria dos casos é confundido com o direito de pertença, e o segundo não abunda muito por aí. Não são raras as vezes em que outras espécies que partilham com o homem este espaço que lhes é devido, e que nós apelidamos de animais, nos dão verdadeiras lições de amor e solidariedade; a selecção das espécies, incidiu a sua escolha sobre nós, mas isso não nos reserva o direito de tratarmos os outros animais com crueldade e falta de compaixão; eu ainda não compreendi o porquê, do Hommo Sapiens se ter auto apelidado de humano. Este tem que olhar para dentro de si, e arrumar de vez a sua consciência quanto ao tratamento que dá ás outras espécies, muitas das vezes, preponderante e cruel; a comunidade científica tem que, abordar urgentemente este tema em defesa dos nossos animais. Ainda recentemente um cão, de seu nome Sparky, foi atrelado a um carro pelo pescoço, centenas de metros para simples divertimento de dois "humanos", provocando-lhe vários traumatismos. O homem tem que ter a sensibilidade e o dever, de minimizar o sofrimento dos animais, mesmo aqueles que são inevitavelmente destinados ao abate, e tratar aqueles que chamamos de estimação, com humanismo se assim não for, a palavra humano, não tem qualquer sentido.

. Autor: Joaquim Vitorino
. Fonte: http://www.jornaldeoleiros.com/


video


video






sábado, 5 de janeiro de 2013

FENÓMENO ATMOSFÉRICO SUNDOG PODE CONFUNDIR OBSERVADORES


. Nem tudo o que reluz é ouro, e neste caso quem não conhecer este tipo de fenómeno raro na atmosfera, provavelmente irá atribui-lo a outros tipos de fenómenos, como por exemplo, a aparição de um ovni.
O termo técnico é Sandog (Parélio, em português), muito raro nos países do sul da Europa, pois tem de combinar condições meteorológicas de extrema raridade, o fenómeno é sempre de curta duração. Trata-se da formação de cristais de gelo na alta atmosfera, que são projectados num ângulo de 60 graus nas nuvens mais baixas, provocando os Sois fantasmas, áureas e arco-íris.
As seguintes imagens foram captadas por Joaquim Vitorino, astrónomo amador, natural da freguesia do Pó, concelho do Bombarral (Portugal), no dia 1 de Julho 2012. Segundo declarações do astrónomo, diz ter tido sorte no tempo de duração do fenómeno que durou perto de 20 minutos, tempo suficiente para ter tirado um total de 22 fotos do fenómeno. Vitorino afirma-se orgulhoso das suas origens e dedica o extraordinário acontecimento que registou, para a posteridade ás gentes de todo o concelho.








. Na imagem o astrónomo amador Joaquim Vitorino, autor das fotos captadas no dia 1 de Julho de 2012.

. No passado estes fenómenos eram vistos como um prelúdio de grandes acontecimentos, negativos ou positivos, hoje em dia á quem os confunda com a manifestação de ovnis.